Bilíngue: Com o passar do tempo, meu filho pode esquecer a língua?

1
503

Oferecer um segundo idioma como ferramenta de aprendizagem e de comunicação é o grande diferencial das escolas bilíngues

Embora cada vez mais as famílias optem por essa modalidade de ensino para seus filhos, ainda há muitas dúvidas sobre o tema.

Abaixo, confira seis mitos e verdades sobre o assunto:

Educação Bilíngue atrapalha o aprendizado: MITO

Pesquisas na área de Neurociência mostram que iniciar a escolaridade em escolas bilíngues não atrapalha em nada. Muito pelo contrário, o aluno, quando exposto a uma segunda língua desde cedo, tem seu cérebro estimulado em diferentes regiões, o que possibilita conexões mais rápidas e naturais.

O Ensino Bilíngue amplia a percepção de mundo dos alunos: VERDADE

Por aliar o conteúdo às vivências significativas e memoráveis, o aluno inserido no espaço bilíngue estabelece contato natural e contextualizado com diferentes culturas, possibilitando, assim, uma imersão em outras realidades.

O Ensino Bilíngue desenvolve os lados cognitivo e social: VERDADE 

Fluência na língua, naturalidade na comunicação, melhor compreensão de regras gramaticais e conexões mais rápidas são alguns dos ganhos dos alunos bilíngues.

Crianças expostas a contextos bilíngues tendem a ser mais criativas: VERDADE

Os praticantes do Ensino Bilíngue, naturalmente, tornam-se flexíveis e desenvolvem habilidades de resolver problemas, mostrando uma mente mais aberta às diversidades.

A criança também tem imersão em uma segunda cultura: VERDADE 

Em um contexto bilíngue, o segundo idioma não é somente uma disciplina, nem só a língua usada para a comunicação entre os professores e alunos.

Inevitavelmente, expressões e vocabulários específicos da língua em questão são trabalhados. Além disso, são abordadas, também, questões relacionadas à alimentação, às vestimentas, brincadeiras, semelhanças e diferenças de modos de viver, pensar e organizar o mundo.

Projetos especiais do Ensino Bilíngue

A criança pode esquecer a segunda língua aprendida, caso ela não seja treinada em casa: MITO 

Há uma diferença entre “aprender” e “adquirir”.

Quando você aprende uma segunda língua, você domina questões gramaticais, sabe regras e usos. Porém, quando você adquire uma segunda língua, você desenvolve habilidades de se comunicar com um interlocutor, compreendendo e se fazendo compreender.

Assim, quando a segunda língua é adquirida pela criança, não há necessidade de treinar em casa para não esquecer.

Dessa forma, o aprendizado bilíngue está longe de ser um método que deva causar repulsa às famílias. Como tudo que é novo, o aluno que recém ingressar na modalidade passará por um período de adaptação, mas, com o tempo, reconhecerá o valor do aprendizado e o tamanho dos ganhos que o estudo em período integral trouxe para sua vida.

As atividades desenvolvidas durante o dia, se bem direcionadas, permitem ao aluno aprender, descansar e, o mais importante, sentir-se feliz dentro do espaço escolar.

No Colégio Positivo, o aluno aprende inglês e nunca mais esquece! Venha saber mais sobre o Ensino Bilíngue.

1 COMENTÁRIO

  1. Its like you read my mind! You seem to know so much about this, like you
    wrote the book in it or something. I think that you can do
    with some pics to drive the message home a bit, but other than that, this is excellent blog.
    A fantastic read. I will certainly be back.

    Feel free to surf to my web site: Royal CBD

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here