Escrever à mão é importante para o cérebro

Descubra o porquê

0
362

Com tantos dispositivos capazes de captar, formatar e reproduzir imagem e som, e até mesmo transformar palavras em texto em apenas alguns segundos, é normal pensarmos na grafia manual como uma forma ultrapassada de comunicação.

Porém, estudos demonstram que essa habilidade é fundamental para o aprendizado da escrita e para o desenvolvimento neuromotor como um todo.

1 – Maior domínio corporal

Na infância, toda atividade motora proporciona ampliação nas conexões cerebrais. A grafia manual requer muito mais atenção e habilidade do que digitar em um teclado. Os movimentos da escrita colaboram para o amadurecimento da coordenação fina (mãos e dedos) e da coordenação olho-mão (controle do movimento da mão, guiado pela visão).

Um estudo da Universidade de Indiana, publicado em 2012 pela pesquisadora e professora de Ciências Psicológicas do Cérebro, doutora Karin James, provou, por meio de ressonância magnética, que escrever à mão ativa áreas do cérebro que não estão envolvidas quando se redige no teclado; e isso nos leva à segunda vantagem:

2 – Melhora da cognição

Não é apenas a parte corpórea que se beneficia da escrita manual, a parte cognitiva também se desenvolve. Para a criança escrever à mão, é necessário que a visão e a linguagem tenham sido decodificadas em pensamento e recodificadas pelo meio físico, ou seja, a unção dos processos cognitivos, motores e neuromusculares se transforma em raciocínio e materialização.

Ao escrever à mão, a criança não somente aprende a expressar suas ideias como também aprende a refinar seu pensamento. Esse mesmo estudo revelou que as crianças que não conheciam a caligrafia reagiam às imagens de letras da mesma maneira que reagiam à forma de um triângulo, por exemplo.

3 – Estímulo da memória

A criança que escreve à mão com letra cursiva precisa reconhecer o formato das letras, tamanho e detalhes de suas características para poder representá-las em ordem, isso envolve o processo de memorização, que ativa diversas áreas do cérebro que ajudam na compreensão e retenção. A memória é uma condição primordial ao aprendizado, por isso exercitá-la é fundamental para o desenvolvimento.

Sendo assim, não há motivos para deixar a grafia manual de escanteio. Pelo contrário, escrever à mão treina o corpo e o cérebro e traz benefícios distintos daqueles que são oferecidos pelos métodos digitais. 

Há quanto tempo seu filho não escreve? E você?

Venha conhecer o Colégio Positivo, nossa metodologia e toda nossa infraestrutura!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here