Afinal, o que é o Ensino Bilíngue?

0
142

Investir em Ensino Bilíngue é investir em uma educação ampla e de acordo com a exigência das atuais gerações: a globalização.

Hoje, o inglês já não é um diferencial, mas uma necessidade básica para quem deseja uma boa colocação no mercado.

De acordo com o Conselho Britânico, no Brasil apenas 5% da população sabe o básico de inglês e somente 1% é fluente na língua. Por isso, o Ensino Bilíngue aparece como tendência quando o assunto é educação completa e de qualidade.

A principal característica do Ensino Bilíngue é a divisão curricular de matérias em dois grupos: enquanto um grupo de disciplinas é ensinado na língua materna do país, o segundo utiliza outro idioma – na grande maioria dos colégios brasileiros, o inglês.

Por exemplo, o grupo de matérias “A”, correspondente a Ciências e Artes, é ensinado aos alunos em português. Já o grupo “B”, correspondente a Matemática e História, é ensinado em inglês.

Isso garante que os alunos desenvolvam suas habilidades de fala e interpretação e consigam encarar o novo idioma de maneira mais natural e segura, ao mesmo passo que tem seu aprendizado nacional garantido pela carga horária das disciplinas.

As vantagens do Ensino Bilíngue

No Ensino Bilíngue, ao mesmo tempo em que os alunos aprendem as diretrizes curriculares, cultura e idioma local, passam parte do tempo em contato com um segundo idioma e sua cultura. Crianças e adolescentes que têm a oportunidade de um Ensino Bilíngue tendem a desenvolver maior autonomia e senso crítico, além de se sentirem mais seguras para lidar com situações adversas.
A formação integral proporcionada pelo Ensino Bilíngue coloca os alunos em contato com a realidade, proporcionando vantagem cognitiva e perspectiva global.

Além disso, intensifica a memorização e possibilita a conquista de fluência no segundo idioma ensinado, já que o aluno está diariamente exercitando seu aprendizado em forma de atividades teóricas e práticas.

Outra vantagem do Ensino Bilíngue, desta vez diretamente ligada aos pais, é a economia com cursos de idiomas avulsos.

Além de aparecer como melhor opção em relação à ambientação do aluno, no Ensino Bilíngue, ele internaliza a necessidade de aprender de forma natural, já que fica em contato com o segundo idioma diariamente. Isso reduz a pressão pelo saber e gastos com cursos extracurriculares.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here