Porque bilíngues são mais espertos?

0
162

Quem não gostaria que seu filho fosse educado em duas línguas?

Ver ele sair do colégio fluente em inglês e pronto para todas as oportunidades é o desejo da maioria das famílias.

E investir no Ensino Bilíngue traz um resultado que vai além da fluência em outro idioma.

De acordo com estudos, os bilíngues desenvolvem diversas vantagens em relação às pessoas educadas em uma formação convencional.

O que é o Ensino Bilíngue?

A principal característica do Ensino Bilíngue é a divisão das matérias curriculares em dois grupos: enquanto o primeiro grupo de disciplinas é trabalhado no idioma materno, o segundo utiliza outra língua – em grande parte dos colégios no Brasil, o inglês. Esse formato de ensino prepara o aluno para o mercado de trabalho e ajuda a desenvolver habilidades intelectuais.

Um estudo realizado pela psicóloga e professora da Universidade de Toronto, Ellen Bialystok, concluiu que as pessoas bilíngues têm mais facilidade com atividades lógicas, e apresentam melhor controle de atenção e análise.

A memória também mostrou-se mais trabalhada com essa metodologia. Uma pessoa que tem o português como língua materna, por exemplo, não esquece seu idioma ao aprender um novo.

Saiba mais em: Com o passar do tempo, meu filho pode esquecer a segunda língua?

Portanto, ela desenvolve a memória exatamente para poder “arquivar” a nova língua. Justamente por não “desligar” um idioma ao usar outro, o cérebro de um bilíngue também desenvolve a habilidade de resolver conflitos internos.

Essa capacidade facilita a resolução de problemas do cotidiano que exigem diversas funções simultâneas. 

E as vantagens não param por aí, os bilíngues conseguem manter seu foco em uma atividade com maior facilidade.

Seus cérebros desenvolvem a habilidade de filtrar informações irrelevantes, deixando-as de lado enquanto se concentram na tarefa que estão realizando.

Esse maior controle cognitivo em relação aos monolíngues resulta em um impacto positivo na performance desses indivíduos, sobretudo na vida adulta.

Preparação para as oportunidades

Além de todas as vantagens intelectuais desenvolvidas no ensino bilíngue, esse formato de educação também prepara o aluno para as oportunidades de mercado de trabalho e experiência de vida.

O Conselho Britânico no Brasil aponta que 5% da população conhece o básico do inglês, enquanto apenas 1% é fluente no idioma. Dessa forma, o Ensino Bilíngue se torna tendência para uma educação completa e de qualidade.

“Visto que, cada vez mais, o profissional do futuro precisa desenvolver uma inteligência emocional e intelectual, alunos do Ensino Bilíngue se destacam por terem a oportunidade de desenvolver raciocínio lógico, habilidades de leitura, interpretação e escrita, estratégias para aplicar no cotidiano, habilidades de socialização, planejamento de projetos e pesquisas”, destaca Marina Arnone, gestora da Educação Infantil.

Frequentando uma escola bilíngue, o aluno é educado em uma segunda língua por meio de inserção na cultura do país de origem desse idioma.

Dessa maneira, além de ser fluente em outra língua, o bilíngue também se torna mais aberto aos costumes e conectado com outros povos e culturas, sofrendo menos impacto por possíveis alterações em seu ambiente.

Uma pessoa educada em ensino bilíngue está capacitada para o mundo globalizado em âmbito pessoal e profissional.

Torna-se um adulto mais preparado para tomar as decisões necessárias em um contexto cada vez mais rápido e cheio de informações e distrações.

De acordo com um estudo da Universidade de Edimburgo, na Escócia, o fortalecimento do cérebro resultante da formação bilíngue ainda ajuda a retardar a velhice e a demência.

Com todas as vantagens que o ensino bilíngue traz, o aluno termina sua formação preparado para as oportunidades, como estudar em uma universidade internacional.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here