O Dia das Mães ao redor do mundo

0
424
Go on an adventure! Happy family preparing for the journey. Mom and daughter study the globe and choose a route of travel.

As festividades exibem riquezas da cultura local. Por isso, em cada país, as pessoas têm um jeito próprio de celebrar datas especiais. Aqui no Brasil, o Dia das Mães é comemorado sempre no segundo domingo de maio, de uma maneira bem familiar: presentes, almoço especial e muitos beijos e abraços.

Em outros lugares do mundo, a celebração dessa data pode ser um pouco – ou completamente – diferente da que conhecemos. Já imaginou como é que as figuras maternas são homenageadas em outros cantos do planeta? Confira nesta matéria algumas curiosidades sobre o Dia das Mães em diferentes culturas.

INDONÉSIA
Em um país mulçumano, marcado pelo patriarcado, o Dia das Mães é comemorado como um pedido por liberdade. Todos os anos, no dia 22 de dezembro, organizações feministas e cidadãos a favor da igualdade de gênero homenageiam, como um ato político, as mães e mulheres do país.

SÉRVIA
Ao invés de serem presenteadas, as mães é que dão presentes no Dia das Mães sérvio. Durante a comemoração nesse país, como tradição, os filhos amarram suas mães e pedem doces e presentes como negociação para que elas sejam soltas. Doido, né? No Dia dos Pais, acontece a mesma coisa.

MÉXICO
Todo dia 10 de maio, os mexicanos agradecem às mães cantando uma serenata com a música Las Manhani. Os filhos ficam encarregados também de preparar a barbacoa de ternera, um tipo de churrasco. Além disso, em respeito à tradição católica do país, as pessoas vão à igreja.

ETIÓPIA
Nesse país africano, o Dia das Mães é uma festa que dura até três dias. Conhecida como Antrosht, a comemoração envolve decoração das casas e banquete organizado por toda a família. No fim de tudo, as mulheres se juntam para dançar, em celebração à data e à união familiar.

AUSTRÁLIA
As comemorações giram em torno de uma flor: o crisântemo. Por lá, essa flor é associada à maternidade porque a palavra em inglês, chrysanthemum, termina em “mum” – uma das maneiras carinhosas como os filhos chamam suas mães. Até os homens entram na brincadeira florida, usando um crisântemo na lapela.

PANAMÁ
O Dia das Mães panamenho é festejado, desde 1930, em 8 de dezembro, com cerimônias religiosas. As pessoas aproveitam a data para honrar as bases católicas da nação, agradecendo não apenas às mães, mas também à Nossa Senhora da Imaculada Conceição.

SUÉCIA
Na Suécia, o Dia das Mães é vivenciado de um jeito muito fofo. As crianças arrecadam dinheiro por meio da venda de flores de plásticos, destinado a pequenas viagens com suas mães. Agradá-las com flores de verdade e café da manhã na cama também é comum por lá.

NEPAL
As mães que já morreram recebem uma reverência especial no Nepal entre os meses de abril e maio, quando acontece o festival Mata Tirtha Puja. Oferendas e mergulhos nas lagoas da vila Mata Tirtha fazem parte do ritual que homenageia mães que vivem em todos os lugares – principalmente no plano espiritual.

Viu como as formas de celebrar uma data especial não são únicas? Ao contrário, elas são tão diversas quanto as próprias tradições. Em meio a tamanha riqueza cultural, há pelo menos uma coisa que não muda, não importa a cultura: o respeito à maternidade e a adoração às figuras maternas.

O Colégio Positivo também reconhece o Dia das Mães como uma oportunidade para unir a família e cultivar o amor. Nesse momento de pandemia, recomendamos que todos aproveitem a data com alegria, respeitando as normas de saúde. Feliz Dia das Mães!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here